Seja bem vindo
Sumaré,20/04/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Cracolândia no centro de Paulínia

Abandonado, estacionamento do centro vira ponto de uso de drogas e abrigo para pessoas em situação de rua

Fonte: Leandro Pereira MTB 54314
Cracolândia no centro de Paulínia

O estacionamento
público do centro, perto da antiga rodoviária, está completamente abandonado
pela Prefeitura de Paulínia, proprietária do espaço. Com isso, segundo
comerciantes do entorno, o local virou ponto de uso de drogas e abrigo para
pessoas em situação de rua; alguns já chama o local de Cracolândia de Paulínia.
Nossa reportagem visitou o estacionamento que possui cerca de 300 vagas, tem
três pavimentos e fica no nº 678 da Avenida José Paulino.

Logo
na entrada, é possível ver uma cobertura caída e que os componentes eletrônicos
dos totens das cancelas ou estão depredados, ou foram furtados. Ao lado, a
guarita está totalmente depredada, com pichações e marcas do que parece ter
sido um incêndio; além de móveis velhos, evidenciando que o lugar vem sendo
usado por pessoas. Mais adentro, ainda na parte externa, os vidros dos
parapeitos estão todos quebrados e alguns postes danificados.
 

Já no
primeiro subsolo, foram encontrados nas escadas móveis velhos, roupas
espalhadas pelo chão, utensílios domésticos e vários pinos de eppendorf,
utilizados muitas vezes para armazenar drogas como cocaína. O portão de entrada
de veículos, que está fechado, possui uma violação na lateral, que
provavelmente é usado como passagem das pessoas que frequentam o lugar.

Os
dois elevadores do local estão totalmente depredados e parte dos componentes
foi furtada. O perigo é que as portas estão abertas, com isso, o fosso está
exposto, levando ao risco de queda de quem passa perto. Além disso, muita
sujeira e mau cheiro tomam conta do lugar.

Nossa
equipe flagrou pessoas usando drogas no local e conversou com um usuário, que
confirmou que o lugar é ponto de uso de entorpecentes, por dependentes químicos
e pessoas em situação de rua. “Vou falar a real para o senhor mesmo! Aqui eu
uso, morador de rua usa, mas nós aqui ficamos na paz”
, disse o homem que se
identificou apenas com o nome de Douglas.

O
estacionamento está fechado e sem destinação útil à população, desde 2017,
quando foi extinta a concessão administrativa de uma entidade de combate ao
câncer, da cidade, que fazia a exploração do lugar; autorizada anteriormente
através da Lei Municipal n.º 2.958 de 2008. O local já chegou a ser explorado
também por uma empresa privada de estacionamentos.

Um
comerciante da região, que não quis se identificar, falou com nossa equipe e
disse que o problema se arrasta há anos e nenhum prefeito resolve. “Desde que
fechou, é isso aí que vocês tão vendo, só usuários e moradores de rua; isso aí
já virou uma Cracolândia. Engraçado que durante um evento aqui no centro, eu
perguntei ao Du Cazellato se ele iria resolver isso, ele disse que sim, mas
acho que ele esqueceu”
, disse o comerciante em tom de ironia.

Entramos
em contato com a Prefeitura de Paulínia para saber sobre a situação do
estacionamento, mas até o momento não tivemos retorno.

























COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login