Seja bem vindo
Sumaré,21/04/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Alunos da rede municipal correm o risco de começar o ano letivo sem material escolar

Prefeitura se atrapalha na licitação e estudantes podem sair prejudicados

Fonte: Leandro Pereira MTB 54314
Alunos da rede municipal correm o risco de começar o ano letivo sem material escolar

Os alunos da rede municipal de ensino de Paulínia correm o risco de começar o ano letivo sem o material escolar fornecido pela Prefeitura de Paulínia. Isso porque a administração marcou para o último dia 2, o pregão eletrônico n.º 03/2024 para a compra de kits escolares; ou seja, poucos dias antes do retorno das aulas no município.

Segundo o termo de referência, “O prazo para a assinatura do contrato será de até 05 (cinco) dias úteis, contados da convocação da licitante” sendo que a empresa vencedora terá prazo de entrega de “até 30 dias após a confirmação, pelo fornecedor, do recebimento do empenho através de Autorização de Fornecimento”. Além disso, toda licitação está sujeita a pedidos de esclarecimentos, impugnações e outras situações que podem desde atrasar até mesmo suspender o certame.

A falta de comprometimento com os alunos fica evidente quando observamos o andamento do protocolo 35231/2023 para a compra dos kits. Iniciado somente em 29 de novembro do ano passado, teve seu último andamento em 14 de dezembro. Aí veio o recesso e só voltou a caminhar no dia 3 de janeiro, deste ano. 

Aparentemente, o recesso administrativo teve mais importância que designar responsáveis para dar andamento e fazer a licitação acontecer mais cedo. Lembrando que recesso não é obrigatório.




COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login