Deputado Dalben reitera pedido de providências ao Governo Estadual para evitar contingenciamento de recursos para o HES – Hospital Estadual de Sumaré

Parlamentar sumareense está empenhado na luta contra cortes no orçamento da unidade hospitalar desde dezembro de 2020

Por Redação 09/01/2021 - 18:12 hs

Atento a qualidade dos serviços públicos de saúde e preocupado com os prejuízos que cortes de orçamento podem causar no atendimento à população, o deputado estadual Dirceu Dalben (PL), reiterou pedido de providências ao Governo do Estado de São Paulo para evitar o contingenciamento de recursos direcionados à enfermaria pediátrica e a ala oftalmológica do HES (Hospital Estadual de Sumaré).


O parlamentar sumareense já havia solicitado, em dezembro de 2020, que o orçamento do hospital estadual sediado no município não fosse alvo de contingência.


“Serviços de saúde precisam de investimentos, de recursos, de ferramentas que permitam o melhor atendimento à população. Vamos fazer o que estiver ao nosso alcance, do ponto de vista legal e legislativo, para suspender eventual contingenciamento e evitar prejuízos às famílias que tanto precisam dos serviços pediátricos e oftalmológicos do HES”, destacou Dalben.


De acordo com o ofício encaminhado pelo deputado Dalben, “o Hospital Estadual de Sumaré tem prestado relevantes serviços à comunidade da Região Metropolitana de Campinas, aumentando a capacidade de atendimento no decorrer dos anos”.


O levantamento técnico feito pelo gabinete do parlamentar sumareense e apresentado ao secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, aponta que, entre os anos de 2012 a 2019, o HES prestou 2.259.062 atendimentos de internações, urgências, cirurgias, partos, consultas de ambulatório, exames de imagem e laboratoriais.


Em 2019, por exemplo, o HES registrou 15.679 internações de pacientes. Em 2012, o mesmo serviço atendeu 12.900 pessoas, ou seja, um aumento de 21,5% nesta demanda. As consultas ambulatoriais também tiveram um salto de 26% no mesmo período, assim como os atendimentos de urgência que registraram aumento em mais de 11%.


“A população de Sumaré pode contar com nosso trabalho e dedicação em mais essa luta. Já conseguimos evitar cortes em outros orçamentos e vamos fazer o possível para que o Hospital Estadual de Sumaré não seja prejudicado. Temos um compromisso de lutar por mais qualidade de vida e justiça social à população e, mais uma vez, reafirmamos que Sumaré pode contar com nosso trabalho todos os dias”, finalizou o deputado.